Quem dança os males espanta!

Quem dança os males espanta!
04/09/2018

“A dança é a linguagem escondida da alma”, dizia a dançarina e coreógrafa norte-americana Martha Graham. Essa atividade melhora a qualidade de vida e oferece benefícios físicos e emocionais, já que é capaz de elevar a autoestima e a segurança, pois permite que você se expresse por meio de seu corpo e o conheça melhor.

O cérebro também é beneficiado com esse exercício. Outra parte do corpo que só tem a ganhar com a prática da dança é a musculatura. A postura melhora e é possível até mesmo o alívio de dores nas costas, uma vez que essa atividade também auxilia na flexibilidade e na resistência. Dependendo do tipo de dança, diferentes grupos musculares são fortalecidos.

Estimular a prática de danças de salão, por exemplo, é uma variação interessante de atividade física, com bons resultados entre os idosos. Sabe-se que a prática de exercícios tem como principais benefícios melhorar a performance muscular e o equilíbrio, o que contribui para a prevenção de quedas.

Ficou convencido a entrar na dança?

 

Referência bibliográfica

  • Dourador EB. Osteoporose senil. Arq Bras Endocrinol Metab. 1999 Dec;43(6):446-51.
COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS