Estresse: o inimigo do sistema imunológico

Estresse: o inimigo do sistema imunológico
30/11/2018

O estresse é a resposta natural de nosso organismo a estímulos internos e externos, desencadeada por fatores físicos e emocionais, com posterior liberação de alguns mediadores químicos, como adrenalina, noradrenalina e cortisol, que, em níveis elevados e de maneira persistente, podem afetar a memória, a cognição e o sistema imunológico.

Além de atuar na manutenção muscular, o cortisol tem importante função anti-inflamatória. Entretanto, em situações de estresse agudo ou crônico, esse hormônio é o principal causador de imunossupressão. Ou seja, a elevada produção de cortisol é capaz de desestabilizar o sistema imunológico, com a subsequente redução de sua atividade ou eficiência.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece o estresse como uma epidemia global e afirma que 90% da população do mundo é atingida pela “doença do século XX”. Para evitar os efeitos nocivos do estresse em sua saúde, é fundamental incorporar e manter hábitos saudáveis, como seguir uma boa alimentação, adotar a prática de exercícios físicos regulares e ter uma boa noite de sono reparador.

 

Referências bibliográficas

  1. Zuardi,AW. Fisiologia Do Estresse E Sua Influência Na Saúde. Disponível em: https://www.academia.edu/8514738/FISIOLOGIA_DO_ESTRESSE_E_SUA_INFLU%C3%8ANCIA_NA_SA%C3%9ADE. Acesso: Nov/2018.
COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS