Clubhouse como ferramenta para o marketing na saúde

Clubhouse como ferramenta para o marketing na saúde
13/05/2021

Estamos em 2021, e uma das estratégias de marketing mais eficientes continua sendo o boca a boca. Apesar de antiga, essa estratégia segue como tendência, e prova disso é o sucesso do Clubhouse. A rede social mais falada dos últimos tempos faz justamente uma ponte do profissional com o público, para gerar engajamento e exclusividade sobre determinados temas.

Aqui, no Biolab Studio, sempre abordamos a importância de os profissionais da área da saúde se voltarem para a tecnologia como forma de se posicionarem melhor no mercado. Estar presente em redes sociais de sucesso faz parte desse movimento. A seguir, entenda o que é o Clubhouse e como o aplicativo pode ser uma ótima ferramenta para o marketing na saúde.

 

O QUE É O CLUBHOUSE? 

 

O Clubhouse pode ser definido como uma espécie de podcast ao vivo. O aplicativo, baseado em chats de voz, ainda está em fase de testes, mas já é um enorme sucesso entre profissionais de todas as áreas mundo afora.Por enquanto, o app está disponível apenas para iPhone (iOS), e o ingresso é feito por meio de convite recebido de um contato que já usa a rede social. O número de convites é limitado, o que torna o Clubhouse ainda mais exclusivo.

Parece controverso uma rede social tão exclusiva se tornar muito popular em pouco tempo, mas o fato é que ela chamou a atenção de grandes empresários e até de CEOs de outras redes por ser um espaço de muito networking.

Ao tornar-se usuário, você pode entrar em salas de conversa de acordo com seu interesse. A rede social permite criar grupos ou eventos para discutir um tema específico, sugerido com base nos tópicos de interesse selecionados ao criar o perfil.

CLUBHOUSE: RESUMO DOS PRINCIPAIS PONTOS

Para criar um perfil, é necessário receber um convite.

Cada novo participante recebe um ou dois convites para enviar, porém outros convites podem ser liberados com o tempo.

app é apenas de áudio
, por isso fotos e mensagens de texto não fazem parte do universo Clubhouse.
Os chats ocorrem sempre ao vivo, e as salas contam com os speakers, usuários que podem falar durante a conferência, e com os listeners, que são os ouvintes da conversa.
Há a opção de “levantar a mão” para participar da conversa e ter o microfone liberado, mas quem decide quem fala ou não são os moderadores.

Os chats não ficam gravados.
Há também uma aba de eventos que acontecerão nos próximos dias, assim o usuário consegue colocar um alerta na agenda para não perdê-los.
Atualmente o limite máximo de membros para o bate-papo é de até 5 mil participantes.

COMO UTILIZAR EM SUA ESTRATÉGIA DE MARKETING? 

Como em outras redes sociais, o marketing para profissionais da saúde no Clubhouse está atrelado a estratégias de conteúdo, uma vez que propaganda ou práticas de comercialização não são permitidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Criar as próprias salas com temas relevantes ou até mesmo participar das salas de outros especialistas na área são maneiras de ganhar visibilidade. O networking é um dos pontos mais fortes do Clubhouse, o que o torna uma rede social de grande relevância para o marketing de relacionamento.

A aproximação entre profissionais da saúde e pacientes, tão importante para a saúde 5.0, também pode ser bem explorada no aplicativo. A conexão com pessoas é o ponto alto do app, que traz a troca de conhecimento, informação e experiência num formato que agrada os participantes.
Há quem defenda que estar no Clubhouse e participar de salas com outros colegas de profissão lembra os bate-papos em corredores de congressos e eventos, o que faz do app uma ferramenta para que o profissional se mantenha sempre atualizado.

A plataforma promete facilitar o acesso a discussões importantes e aproximar pessoas, mesmo que virtualmente, dois pontos muito importantes para levar em consideração no momento que estamos vivendo.

O Clubhouse ainda está em ascensão, mas já tem grande relevância. Portanto, se você deseja ser um profissional criador de conteúdo e possui o que é necessário para ingressar na rede, não perca tempo e marque presença nas rodas de conversa.

 

 

FONTES:
https://www.youtube.com/watch?v=yktLzymJgbk
https://www.techtudo.com.br/listas/2021/02/o-que-e-clubhouse-e-como-funciona-saiba-usar-o-app-da-nova-rede-social.ghtml
https://www.saudebusiness.com/mercado/o-futuro-das-discusses-em-sade-ser-app-o-que-podemos-aprender-com-o-clubhouse
https://academiamedica.com.br/hil/clubhouse-para-medicos-e-lideres

 

 

Palavras-chave: Clubhouse, Marketing, Saúde, Estratégia, Networking, Tecnologia

COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS