A depressão no climatério

A depressão no climatério
30/11/2018

O climatério pode ser definido como um conjunto de alterações somáticas e psíquicas que se observam nessa fase de redução e interrupção da produção hormonal do sistema reprodutor feminino. Durante esse período, o organismo feminino passa por alterações decorrentes de oscilações e deficiências hormonais sexuais, principalmente no que se refere aos níveis de estrogênio.

Além de sintomas como fogachos, maior tendência à osteoporose, menstruação irregular até o último fluxo (menopausa), entre outros, essas alterações hormonais podem influenciar manifestações psíquicas, como depressão, irritabilidade, ansiedade e nervosismo.

Nessa época, alguns fatores favorecem o surgimento desses quadros psíquicos – principalmente da depressão –, como o medo de envelhecer, o sentimento de inutilidade e a carência afetiva. A depressão é um distúrbio em que há presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima, estados que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si. Portanto, é imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado desse distúrbio.

 

Referência bibliográfica

  1. Polisseni AF, Araújo DAC, Polisseni F, et al. Depressão e ansiedade em mulheres climatéricas: fatores associados. Rev Bras Ginecol Obstet. 2009 Jan;31(1):28-34.
COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS